DESEJO DE MULHER

Do altar por você eu desço

Rasgo o manto

Arrebento o terço

Conversão de dogmas (laica mutação...)

 

Rasgo o véu que encobre a santa

Despida e dissoluta

Sagro-me puta

 

Invoco Lilith: lasciva, maldita!

Deusa da luxúria verdade seja dita

Despojada de juízo

Muito riso e pouco siso (espero por você...)

 

Embriagada de amor

Aguardo com fervor

Teu corpo a me envolver

 

Deito desfolhada

Ardente... sem pudor

Tresloucada e vibrante

Grito delirante: possua-me com ardor!

 

Declaro-me agora pronta

Pra  teu leite receber, no meu útero fecundo

No ápice do clímax, fincarei raiz no mundo...

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

           www.janelafeminina.com

 created  by Marlúccia Araújo 2015

        Web designer:  Lucas Reis