O KAMA SUTRA DO BEIJO

 

Se eu te perguntasse se você sabe beijar, sua resposta provavelmente seria: Of course! Obviamente, que qualquer pessoa que já beijou muitas bocas deve se achar um expert  em matéria de beijo, mas pera aí! Quantidade não é sinônimo de qualidade, certo?

Antes de nos aprofundarmos nessa questão, vamos aprender algumas informações técnicas sobre o beijo: Um beijo de língua movimenta 29 músculos, sendo 17 nela própria. Pesquisadores afirmam que um beijo prolongado consome, em média, 14 calorias.

De acordo com cientistas, no momento do beijo o corpo é invadido por um coquetel de substâncias como a feniletilamina que está ligada ao humor, dopamina ligada às sensações de bem-estar e as endorfinas ligadas ao prazer. Nessa "química do beijo" os batimentos cardíacos podem aumentar de 70 para 150 bpm.

 

Voltando ao ponto crucial do início desse post, saber beijar é fundamental para o processo de enamoramento, quem beija bem, tem pegada e sensualidade transpirando pelos poros. Isso vale para ambos os sexos. E por falar em sexo, o beijo é a iniciação mais gostosa da relação sexual. Portanto, se você quer mandar bem, e não apenas trocar saliva e bactérias, siga  esses  dez laicos mandamentos do beijo.

 

 

1# Sincronia

Sinta o ritmo da outra pessoa e tente segui-lo. Não existe nada mais desagradável que um beijo fora de sincronia, onde um tenta desesperadamente alcançar uma linha de chegada imaginária e competir na velocidade. O beijo é formado por duas bocas, vá com calma!

 

2# Controle a saliva

Você não vai dar banho em ninguém, então, na hora que estiver beijando, tome cuidado para não abrir demais a boca, jogar muita saliva para o lado de fora e lambuzar o rosto da outra pessoa. Beijo molhado assim não é atraente e, para piorar, a pessoa vai ficar com um cheiro de baba horrível. Eca!

 

3# frear a língua

Um bom beijo equilibra lábios e língua. Há quem beije só com a língua e a enfie direto na boca da outra pessoa, fazendo movimentos extremos e a pressionando sobre a língua do outro. Não faça isso. Equilibre os movimentos da língua com selinhos sutis, toque de lábios e respiração leve.

 

4# Evite língua mole

A língua não precisa ser pontuda e invasiva, mas também não deve ser um peixe morto dentro da sua boca ou da boca da outra pessoa. Existe um fenômeno comum entre os beijoqueiros: o beijo mole. Fuja dele, evite-o à qualquer custo. Ele é extremamente broxante, desestimulante e nojento. A língua mole, empurrada para dentro da outra boca, fazendo movimentos como lambidas na língua e nos lábios da outra pessoa é uma sensação repugnante.

 

5# Beije e expresse amor

Mãos no pescoço, carinho nos cabelos, dedos que deslizam pelos braços, mãos leves na cintura, nas costas. Existem várias formas de construir um beijo perfeito sem necessariamente a boca ser a protagonista, trabalhe com o resto do corpo e deixe a pessoa sentir que você está presente no corpo inteiro. Sinta a mudança de ritmo e deixe o beijo seguir o caminho que ele quiser. Quando a intensidade aumentar, será natural.

 

6# Cuidado com as mordidas

Mordidas são sempre interessantes, mas ninguém quer sair com a boca machucada. se empolgar demais pode machucar o outro (ainda mais quando se usa aparelho ortodôntico) . É uma sensação muito ruim quando alguém morde o seu lábio com muita força. Se a pessoa não demonstrar, especificamente, que gosta de excessos, vá com calma. Algo sexy pode virar uma experiência extremamente dolorosa.

 

7# Chupão? você não é vampiro, é?

Há quem goste, mas tente descobrir se a pessoa curte marcas espalhadas pelo corpo. É totalmente desagradável deixar uma lembrança ruim em alguém, muitas pessoas odeiam manchas arroxeadas no pescoço e também não gostam da sensação de serem sugadas "vampirescamente" na hora do beijo.

 

8# Cuidado com o mau hálito

Muitas pessoas têm esse problema e não sabem. É uma tristeza sem fim descobrir que ninguém quer te beijar por causa do seu bafo, então, tome cuidado com isso. Frequente regularmente o dentista, cuide de problemas estomacais, escove a língua – uma das principais causas para o mau hálito – e não fique muito tempo sem comer.

 

9# Seja previdente

Andar com uma balinha ou chiclete (diet, de preferência) é uma ótima solução para o problema, mas invista na higiene bucal. Além do mau hálito, o péssimo cuidado com a região da boca pode aumentar a acidez e deixar a língua áspera, o que é totalmente desagradável de sentir durante um beijo.

 

10# Termômetro

O beijo é um excelente termômetro para saber se algo mais vai rolar, se ele for bom e quente, o encaixe entre os lençois tem grandes chances de ser perfeito. Mas vá sem ansidade, aproveite esta deliciosa preliminar para que cada segundo se torne inesquecível.

 

E aí? você realmente sabe beijar? Creio que depois desse manual de instruções seu beijo vai ser memorável, incrível, espetacular! Se gostou compartilhe! Beijos!!!

 

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

           www.janelafeminina.com

 created  by Marlúccia Araújo 2015

        Web designer:  Lucas Reis