HORA DO RECOMEÇO

Ei moça! Sacode o pó das sandálias! Ajeita o cabelo em desalinho e retoma tua vida. Não lamente os investimentos emocionais gastos naquela relação tóxica e asfixiante. Você deu o seu melhor, foi íntegra, genuína, autêntica. Foi ele o grande perdedor. Você é linda, forte e tem uma capacidade enorme para se refazer. Sabe como ninguém colar os cacos e remendar o rasgão no tecido sentimental. Segue adiante com a alma leve! O melhor te espera logo ali.


Como dizia Caio Fernando Abreu: “o mundo apesar de redondo tem muitas esquinas”. E é numa dessas curvas surpreendentes que o teu troféu está à espreita. Reprograme-se para ser feliz! Sossega teu coração. Você ainda vai rir dessa angústia que sufoca a tua respiração. Não se concentre nela, ela não é real, assim como quem a causou.

Real é você. Que não aceita o que não seja reciprocidade. Relacionamento é uma via dupla: é o ir e  o voltar dos bons sentimentos (assim como um pêndulo); é o dar e o receber na mesma medida. É o esteio onde se aninha o amor e suas ramificações frondosas: a cumplicidade, o respeito e a mútua admiração. 

Daqui pra frente, rejeite com veemência a impermanência, a inconstância a leviandade, a falta de um bom dia, uma mensagem de carinho e um sorriso de entrega (que nas entrelinhas lê-se:  estou contigo pro que der e vier). Se não for assim, fuja como o vampiro foge do alho. Não seja mais refém  de mentiras e trapaças.


Agora, abra a janela do quarto, deixa o vento arejar o mofo desse relacionamento falido. Inspira ar fresco. Respira o cheiro do novo que está vindo ao teu encontro. Não resista! Deixa a felicidade te pegar de jeito.

Pare de pensar! É contraproducente gastar tua energia com aquilo que não deu certo. Se fosse  pra ser seu, estaria ao seu lado. Ele era pequeno demais e não se encaixava na sua grandeza de mulher. Por isso que deixava tantos vazios, vácuos, abismos...

Não se culpe pelas suas falhas, seus exageros, suas atrapalhadas, afinal toda mulher carrega em si uma “Bridget Jones”. Mas ainda assim, são adoráveis, incríveis e trazem no seu DNA aquela vontade imensurável de ser feliz. Orgulhe-se das suas cicatrizes emocionais. Os descaminhos  percorridos nos dão experiência para os novos encontros, afinal seu amor “perfeito” ainda está por vir. Acredite!!!

 

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

           www.janelafeminina.com

 created  by Marlúccia Araújo 2015

        Web designer:  Lucas Reis